Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Plantas aromáticas têm desempenhado um importante papel nas civilizações humanas. Como parte da religião, cerimônias matrimoniais, relacionamentos amorosos, cortes, serviços funerários, medicina e muitos outros aspectos da vida humana. Embora o uso dos óleos essenciais evoluíram ao longo dos anos, os princípios básicos permanecem os mesmos. A princípio, óleos extraídos de plantas aromáticas são reconhecidos como o mais efetivo conhecimento médico da humanidade.

EGITO

História dos Óleos Essenciais

Parte do Papiro de Ebers

O povo egípcio é reconhecido como o primeiro a utilizar os óleos essenciais como terapia e aromatização. Não eram idênticos como os utilizados hoje em dia. Eles eram obtidos por meio de maceração das plantas em óleos quentes ou gordura animal e os óleos essenciais atuais são obtidos por vapor destilado. A rainha Cleópatra, de notória beleza e ultima faraó do Egito Antigo, era conhecida por utilizar de óleos para terapia pessoal. Um dos mais antigos e bem preservados documentos que se tem conhecimento, o Papiro de Ebers, documenta o uso de frankincense e outros incensos em tratamentos de uma variedade de doenças. O papiro foi composto entre 1553 e 1550 a.C.. Em 1922, o arqueólogo Howard Carter e sua equipe descobriram a tumba do antigo faraó egípcio Tutancâmon. Apesar das evidências de roubo e da tumba ser selada, a maioria dos tesouros permaneceram na tumba. Descobriu-se com o conteúdo pesquisado que trinta e cinco frascos de alabastro tinham sido usados para armazenar óleos perfumados e unguentos, mas cada um havia sido esvaziado, denunciando assim o roubo junto aos metais preciosos em momentos distintos.

 

 

CHINA

História dos Óleos Essenciais

Estátua de Buda esculpida em cânfora perfumado

Acredita-se que os antigos chineses também foram mestres no uso de plantas aromáticas para a cura. Alguns especulam que os chineses podem ter começado a estudar os aromáticos ao mesmo tempo em que os egípcios, ou mesmo, anteriormente a eles. Um texto datado de 2500 a.C., acredita-se ter sido escrito pelo imperador Shen Nung e, no qual se identifica usos medicinais para mais de 300 plantas diferentes. Os aromaterapeutas chineses acreditavam que extrair a fragrância de uma planta representava libertar a sua alma. As classes superiores chinesas utilizavam amplamente as fragrâncias, na dinastia Tang, perfumando suas casas, vestuários, templos, tintas, papel e cosméticos. Grandes estátuas de Buda foram esculpidas com cânfora perfumado.

 

 

 

GRÉCIA

História dos Óleos Essenciais

Ruínas da cidade de Atenas

Os gregos aprenderam muito sobre a perfumaria dos egípcios. Quando Heródoto e Demócrito visitaram o Egito no século IV a.C. declararam que os egípcios eram “mestres da arte da perfumaria”. Os gregos acreditavam que todas as plantas aromáticas eram de origem divina e atribuíram a invenção dos perfumes aos deuses. Médicos gregos reconheceram que as plantas aromáticas tinham propriedades estimulantes e sedativas. A rosa e o acinto foram identificadas como refrescantes. Reconheceu-se que perfumes apresentavam propriedades medicinais. Mesmo sem compreender as composições e os processos químicos os gregos lucravam com as propriedades antissépticas dos óleos essenciais. Hipócrates teria usado essências aromáticas no combate às pragas epidêmicas na cidade de Atenas. Sugeriu que banhos aromáticos diários e receber massagem perfumada era essencial para uma boa saúde.

 

ROMA

Os romanos também usavam aromáticos – mais que os gregos, inclusive. Utilizavam aromáticos para perfumar praticamente tudo – seus cabelos, corpos, roupas, camas, bandeiras militares, as paredes das casas, por exemplo. Utilizavam os óleos e unguentos em banhos e massagens. Os romanos eram famosos pela preocupação com a saúde pública e banhos públicos, razão pela qual se diz terem abraçado a aromaterapia. Soldados romanos também foram conhecidos por transportar malotes cheios de sementes de plantas aromáticas em suas campanhas militares.

ISRAEL

O valor dos aromáticos para os antigos povos de Israel são evidentes pelos textos históricos. Os escritos do Antigo Testamento contém numerosas referências a aromáticos, pomadas e incensos que foram usados pelos antigos israelitas. O Novo Testamento também inclui referência adicional à utilização de compostos aromáticos, incluindo presentes de frankincense e mirra dada pelos sábios que vieram para adorar o menino Jesus e ungiram-no em óleos aromáticos.

ARÁBIA

História dos Óleos Essenciais

Imagem de satélite da Trilha do Incenso

Entre 1000 a.C. e 400 a.C., a Arábia foi o centro de uma lucrativa rota de comércio de especiarias. Durante este período, o incenso era uma das mercadorias mais valiosas do comércio e trouxe grande riqueza para o país. Haviam rotas em torno de 2400 milhas em que era comum a referência ao frankincense, uma em particular tornou-se conhecida como a Trilha do Incenso. Foram tão usadas que há imagens de satélites modernos mostrando sinais fracos no chão, onde as caravanas de camelos passavam. Os árabes também são creditados como os primeiros a descobrir a destilação a vapor como método para extração de óleos essenciais de plantas, a cerca de 1000 a.C.. O físico árabe conhecido como Avicena é conhecido por ter inventado o método de destilação, tendo destilado tanto essências quanto águas aromáticas.

 

 

 

EUROPA

História dos Óleos Essenciais

Página do Livro de Arte Distillande -Brunschwig (1512)

Com a invenção da destilação, o uso de óleos essenciais aromáticos em perfumes rapidamente migrou para a Europa e, ao final do século XX, os europeus estavam destilando seus próprios óleos essenciais e produzindo seus próprios perfumes. Quando a peste negra se alastrou na Europa, grande quantidade de aromáticos foram empregados para tentar conter a doença nas cidades. Foi constatado que aqueles que tiveram maior contato com os aromáticos, especialmente, os perfumes, estavam praticamente imunes à praga.

 

 

 

 

ÓLEOS ESSENCIAIS NOS DIAS DE HOJE

História dos Óleos Essenciais

Atualmente, cientistas, físicos, pesquisadores entre outros interessados que se preocupam em fazer a gestão da própria saúde estão começando a explorar e descobrir alguns dos grandes benefícios puros e terapêuticos que os óleos essenciais têm a oferecer.

 

 

 

 

Acesse nosso Guia Completo de Aromaterapia.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.