Será que comer comida crua é melhor para a sua saúde?

rawfood

Uma dieta de alimentos crus tipicamente consiste de alimentos não processados, que não são aquecidos acima de 46°C, de modo a preservar os nutrientes que se perdem durante o cozimento. Aquele que mantém essa dieta alegam que além de perder peso e se sentirem mais energéticos, eles também estão evitando os agentes cancerígenos introduzidos nos alimentos por cozimento e protegem o meio-ambiente de químicos nocivos utilizados na agricultura por grandes empresas, além de reduzir o desperdício de água.
Algumas pessoas fazem entram na dieta “crua” para limpar o seu sistema de toxinas, enquanto outras mantêm uma dieta “crua” em sua maioria, mas comem alguns poucos alimentos cozidos ou processados. Os diabéticos podem beneficiar a partir de uma dieta de alimentos crus, como mostrado no filme “Simplesmente Cru” (http://www.rawfor30days.com/themovie.html), que documenta os ensaios e atribulações de seis doentes diabéticos que entraram em uma dieta de alimentos crus durante um mês e efetivamente se curaram da doença.
Os seres humanos têm comido alimentos crus desde o início dos tempos, a dieta realmente começou a pegar nos últimos anos, e hoje algumas celebridades famosas começaram a sentir os benefícios para manutenção  de sua saúde e peso . Carol Alt, Woody Harrelson, Uma Thurman, Sting e Demi Moore são apenas algumas das celebridades que acreditam na dieta de alimentos crus e agora mais de 100 restaurantes de alimentos crus estão em funcionamento em todo os Estados Unidos. Para obter uma lista de locais onde comer alimentos crus por estado, confira o site SoyStache.
A maioria dos devotos por alimentos crus são vegans, ou seja, não consomem quaisquer produtos de origem animal, mas apenas legumes, brotos e grãos. Alguns bebem leite cru, comem ovos e até mesmo carne tendo o cuidado de escolher apenas as coisas mais frescas, para evitar ficar doente por alguma contaminação bacteriana.
Não se deve embarcar em uma dieta de alimentos crus sem pesquisar como fazer uma transição suave e manter um equilíbrio adequado de nutrientes. Algumas pessoas contratam “coachs” de alimentos crus ou consultam nutricionistas para acompanhamento durante a transição ou ajudá-los a limpar o seu organismo, enquanto outros fazem isso apenas com a ajuda de amigos, funcionários de lojas de alimentos naturais e websites. Um dos melhores site que trata de Alimentos crus, por exemplo, tem uma infinidade de informações sobre como fazer a transição. Ele enumera os alimentos de substituição para a transição primeiro e, em seguida, busca manter uma dieta de alimentos crus, fornecendo um tutorial sobre como avaliar a segurança dos alimentos crus.

i-like-it-rawAqueles que estão pensando sériamente em só comer comida crua, vai precisar de um espremedor de boa qualidade, um liquidificador ou processador de alimentos, recipientes de vidro grandes para embeber e germinar as sementes, grãos e feijões, e potes para armazenar couves e outros alimentos. O desidratador que sopra ar sobre os alimentos abaixo de 115 graus Fahrenheit também é um acessório popular.
Existem sempre alguns cuidados para se atentar. Cathy Wong, da About.com, adverte que algumas pessoas experimentam uma reação de desintoxicação durante a transição, especialmente se sua dieta antiga era rica em carne, açúcar e cafeína, mas os efeitos negativos (dor de cabeça, náuseas, ânsias) normalmente duram apenas alguns dias. Além disso, ela diz que não é recomendado para crianças, mulheres grávidas ou amamentando, ou aqueles com anemia ou de risco para a osteoporose.

Fonte original em inglês: http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=earth-talk-getting-a-raw-meal

Deixe um comentário